As criancinhas sem pirulito da retratista Jill Greenberg

Desespero

Foi um deus nos acuda quando a fotógrafa Jill Greenberg exibiu as imagens da exposição End Times, em 2006.

Para conseguir as incríveis fotos das crianças chorando, Jill deu um pirulito a cada uma e depois tomou delas.

Abriram o bué e os chatos vieram com uma história de “abuso infantil”.

Jill saiu-se muito, dizendo que todos tiveram seus pirulitos de volta trinta segundos depois do clique. E terminou dizendo que a choradeira toda, na verdade, é uma crítica social e política.

Que tal? Tire suas conclusões vendo todas as fotos aqui